Desertores

Olá meus caros,

Então, como está tudo? Pois eu sei, "mas quem é agora este gajo?"

Durante este semestre andei a magicar numa teoria que tenta explicar o porquê dos estudantes
do nosso curso escolherem outros cursos para prosseguir estudos, em detrimento do nosso. Não é difícil arranjar motivos, devem estar vossas excelências a pensar, mas aquilo em que me foquei vai para além disso, eu procurei contra motivos. Foi duplamente difícil, mas vou passar a expôr agora aquilo a que chamei "As razões da fuga e as razões para não fugar".


"As razões da fuga":

1 - Como bem sabem, alguns dos nossos alunos alegam "falta de motivação" para continuar no nosso curso. Esses hoje andam-se a pavonear pelos pavilhões de química ou civil, bradando "Agora é que estamos num curso a sério" ou (enquanto olham para o gajedo) "Isto aqui é que é, um gajo assim até sente vontade de estudar".
2 - Outros alegam "o mau ambiente entre as gentes do nosso curso". Nada que eu pretenda negar, mas como verão daqui a pouco também para isso existe uma razão para não fugar.
3 - "Excesso injustificado de trabalho". É verdade houve caríssimos que disseram que havia demasiado trabalho para pouco proveito no imediato ou mesmo no longo prazo. Não se preocupem, estou aqui para refutar tudo! Ou pelo menos para não lhes dar muita razão... Ou ignorá-los.
4 - A ausência de vida social, sexo, drogas e rock 'n' roll.
5 - "Perdi o prazer a jogar computador/ver porno/navegar na internet/... porque agora só consigo ver 0's e 1's"
6 - "A minha mãe começou a achar estranho que eu tivesse deixado de dormir em casa e não acreditou quando lhe disse que tinha estado a viver na faculdade nas últimas duas semanas".
7 - E como não podia deixar de ser, o famoso "Isto não é para mim!"


"As razões para não fugar":

1 - É bem sabido que o nosso curso tem o melhor rácio "gajas boas/total de gajas do curso". Pena não haver uma para cada marmanjo que aqui se apresenta, mas caso fosse assim perder-se-ia o mito, para além da concentração! De qualquer das formas, estar no nosso curso não invalida que se socialize com os elementos de outros cursos e que se (pasme-se!) possa passear pelos seus pavilhões!!
2 - Não o vou negar e longe de mim tentar apresentar uma solução, seria como tentar sanar o conflito do médio-oriente com 10 prostitutas asiáticas (e daí, talvez resultasse...). Mas, meus caros, tudo depende também de vós que se vão embora, pois muitas vezes os conflitos surgem devido aos desertores que abandonam os camaradas desesperados em batalha!
3 - Ignorá-los!!
4 - a) A ausência de vida social caracteriza-se pela incapacidade de criar relações ou pela timidez inerente a 90% do nosso curso, números nos quais também eu caibo. Não sei qual a solução e agradecia que se alguma alma comentar o post, realce este ponto e procure comigo uma solução para a timidez crónica!
b) Pois, isto vem com a vida social. Se tiverem algumas poupanças também ajuda, por vezes ali por volta das 21h está uma rapariga bem jeitosa à saída da RNL... Às vezes também lá está às 9h, mas é coisa com a qual acho melhor não me questionar.
c) LIDL de Xabregas
d) Epa... Um engenheiro que quer ser engenheiro seja do que for, tem de se desenrascar! E se não quiser, tem de se desenrascar na mesma. Senão pedem uma mãozinha ao vosso pai ou "aquele tio de que ninguém fala".
5 - Claramente vocês levaram "The Matrix" demasiado a sério. Só espero que não vejam o binário a verde sobre fundo preto, senão é mesmo o fim da picada.
6 - Caros, trabalhar em casa é uma alternativa válida, mas o melhor mesmo é não deixar chegar a coisa a esse ponto, pois nesses casos a sanidade começa a deteriorar-se a pontos de se questionarem sobre o porquê de estarem neste curso. E isso, como todos sabemos, não é bom!
7 - Agora chega o momento da verdade, o momento em que vocês se perguntam "O que é que ele vai dizer agora? Se um gajo sente que não tem vocação para isto ou não tem vontade de ir em frente, o que há a dizer sobre isso?" ao qual, como alguns de vós já desconfiarão, eu respondo "Absolutamente nada". Se não quer, não quer. Contudo, acho por bem relevar todos os momentos que o amigo que se vai retirar perde, como as discussões acaloradas com a dona Graciete, os momentos em que pensamos "Agora ia mesmo bem um café" e a máquina está avariada ou aqueles momentos em que acordamos, olhamos para o relógio e dizemos "FODA-SE O EXAME ERA ÀS 9!"

4 conspirações:

  1. Ricardo disse...

    Parece que o blog vai ganhar vida! Será?!  

  2. shutkski disse...

    Não pa, isto é só um blog. Além disso, acho que se ele ganhasse vida nenhum de nós teria tempo para o alimentar, ensinar a andar de bicicleta, etc etc etc.  

  3. BlondieGirl disse...

    LOOOOL

    Xuxki no seu melhor!

    E acrescento meus meninos... Somos poucas mas BOUAS!

    "Ah, mas estão todas ocupadas..."

    -> Quase verdade! So? A vida não é LEIC meus amigos, saiam! Já nem digo sair do IST, basta sair da RNL!

    Ahahah!
    Isto é o paraísos das gajas! Daqui é que não saio!  

  4. иêѕ disse...

    Eu saí, é verdade! Mas passo por lá algumas vezes! E ainda me rio com a Dona Graciete!!!!

    Saudades vossas todos os dias!* (oooh que lamechas... pois tou!!)  


 

(c) LEIC-X Files 2007 Todos os direitos reservados.